-- 12:18:00
OBRIGADO PELO SEU ACESSO - VOLTE SEMPRE, DEIXE SUGESTÕES (99) 98108 - 9864

O cálice que abençoamos, o pão que partimos não é comunhão com Cristo?

A PALAVRA DO PASTOR, JUNHO DE 2020 - comunhão com Cristo 

Mensagem - Já estamos no quarto mês em que sentimos concretamente o efeito da pandemia do Covid-19 em nossas vidas e comunidades. Nestes dias, têm sido publicados vários decretos de autoridades estadual e municipal permitindo que o comércio volte a funcionar e a vida do povo possa retornar gradualmente à normalidade. Muitas pessoas se sentem inseguras e com medo, pois os dados da pandemia continuam a crescer em nossas cidades. Mesmo com estas decisões, continuaremos ainda celebrando somente com a equipe litúrgica, transmitindo pelas redes sociais, visando proteger a vida dos fiéis. Neste mês, em que teremos tantos santos padroeiros e a festa de Corpo e Sangue de Cristo preocupa-nos como alimentar a fé do nosso povo e ao mesmo tempo tomar as medidas sanitárias exigidas pelas autoridades no campo da saúde.


Reflexão - Entre os vários problemas pastorais que apareceram, o mais marcante foi o litúrgico. Passar vários meses sem ter a celebração da missa em nossas Igrejas, especialmente nos momentos mais marcantes do ano litúrgico, como a Festa da Pascoa e de Pentecostes, foi muito desafiador, aliás, muito sofrido. Por mais que escutemos a Palavra de Deus, para nós católicos, a eucaristia tem a sua mais alta importância. Experimentamos de certa forma, o que milhares de comunidades espalhadas em nosso interior e em outras partes da Amazônia sempre viveram. As comunidades precisam da celebração da Eucaristia, “porque ela faz a Igreja e chegamos a dizer que nenhuma comunidade cristã se edifica sem ter a sua raiz e o seu centro na celebração da Santíssima Eucaristia”. Mas precisamos lembrar que não pode haver eucaristia sem o lava-pés, o cuidado com a vida nossa e dos outros, especialmente os que estão em situações de vulnerabilidade e de pobreza extrema que esta situação ajudou a crescer. 


Este tempo poderá nos ajudar a descobrir o verdadeiro valor dos sacramentos em nossa vida. Ao recebê-los, sentiremos os seus frutos, quando forem expressão do compromisso do Corpo de Cristo, a Igreja, para ajudar as pessoas a serem servidoras e não a serem servidas, acolhedoras e não preconceituosas, solidárias e não indiferentes diante do sofrimento e da morte de tantos seres humanos. Que ajudemos ao nosso povo a viver a alegria e a festa deste mês, de forma diferente e possível, preparando-nos para um novo tempo que tanto aguardamos. 

Deus lhe abençoe, seu amigo bispo
Dom Sebastião Bandeira.
comunh%C3%A3o+e+espera%C3%A7a.jpg (200×73)
Comunhão e Esperança 


Conheça nossas redes sociais
   
_____________________________
COMPARTILHE VIA

Por - Portal Acesso Cristão

DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO PELO FACEBOOK

FESTEJO DA PADROEIRA | 2017 - 2018 - 2019

FESTEJO DA PADROEIRA | 2017 - 2018 - 2019
#ACESSOFC