-- 12:18:00
OBRIGADO PELO SEU ACESSO - VOLTE SEMPRE, DEIXE SUGESTÕES (99) 98108 - 9864

Comunhão na Palavra "Mostra me, Senhor, os teus caminhos" Salmo. 25,4

A palavra do Pastor - Salmo. 25,4
Comunhão na palavra - Agosto 2019.
"Mostra me, Senhor, os teus caminhos" (Salmo. 25,4)

Acabo de realizar uma visita à cidade de Paderborn, na Alemanha, Diocese em que pertence padre Paulo Stapel, que trabalhou como pároco de Coroatá por vários anos. Fui convidado para participar da festa de São Libório, padroeiro da cidade. [clique aqui e veja um pouco sobre a viagem] Tive a alegria de participar de várias celebrações, entre as quais a dos missionários com tantos religiosos.

Mas uma preocupação pairava sobre muitos: como será o futuro, se a maioria está idosa e não tem quase mais vocação na Europa? Este fenômeno, estamos percebendo em nosso país também  e não podemos ficar indiferentes. Pensando no presente e futuro da nossa Igreja, está sendo programado o IV Congresso Nacional Vocacional, que tem como tema, "Vocação e Discernimento" e o lema, esta frase: "Mostra me, Senhor, os teus caminhos"
Dom Sebastião Bandeira Coelho - Bispo da Diocese de Coroatá
O mundo de hoje, tem oferecido tantos caminhos dando nos a impressão de ter muitas oportunidades. Porém, no dia a dia se percebe que a realidade é bem diferente. O que está acontecendo é o crescimento da incerteza, do  medo e da exclusão. As vitrinas dos shoppings apresentam muitas opções, mas os desempregados ou sub- empregados não podem obter estes produtos. Vive se o perigo real onde a mentira se confunde com a verdade . No meio desta confusão de propostas existe a necessidade urgente de ter pessoas que dediquem tempo e atenção aos jovens, a fim de orientá-los para que possam tomar a decisão acertada naquilo que e fundamental em suas vidas. Decidir com convicção e clareza não é fácil hoje em dia. E quando não se decide as circunstâncias acabarão decidindo por nós e poderemos sofrer ainda mais.
> Clique e veja também: Comunhão na palavra - Julho 2019
Sem momentos de oração, escuta da Palavra, não tem discernimento acertado. A família deveria ser um lugar privilegiado para o discernimento. Sem uma pessoa que ajude na caminhada juvenil,  fica sempre mais difícil dar um passo e levantar a cabeça. Por isso eu quero insistir para que cada comunidade tenha um grupo que reze, escute, apoie e anime  especialmente aos  jovens na busca do seguimento de Jesus.
Comunhão e Esperança

Que neste mês aproveitemos para aprofundar o sentido de nossa vida e a nossa missão na Igreja e no  mundo. Um grande abraço. D. Sebastião Bandeira.

   
Conheça nossas redes sociais 
O Portal Católico de Coroatá
COMPARTILHE VIA

Por - Portal Acesso Cristão

DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO PELO FACEBOOK