SEJA BEM-VINDO AO PORTAL DE NOTÍCIAS ACESSO CRISTÃO - SEJA BEM-VINDO AO PORTAL DE NOTÍCIAS ACESSO CRISTÃO
12:18:00
OBRIGADO PELO SEU ACESSO - VOLTE SEMPRE, DEIXE SUGESTÕES (99) 98108 - 9864

Qual a responsabilidade social na questão do aborto?

 Meus irmãos e ímãs, hoje quero falar sobre o aborto, crime mais cruel da humanidade, no qual vidas inocentes, que não pediram para ser geradas, são covardemente assassinadas logo após a concepção.
São inúmeras as motivações desses crimes bárbaros, entre elas o inescrupuloso desejo de genitores em simplesmente renunciar as suas responsabilidades.

Porém, neste momento, chamo a atenção para duas instituições cujos papéis estão relacionados a esses delitos: o Estado, diretamente, e as Igrejas, indiretamente.

O Estado, com elevados índices de corrupção e políticas ineficientes de geração de emprego e renda, induz muitas pessoas, desesperadas diante da impossibilidade de sustentar os filhos gerados, à interrupção da gravidez. E, ainda, de forma cruel e irresponsável, tentando maquiar os seus erros com outro erro, permite a discussão da descriminalização do aborto  no Supremo Tribunal Federal, propagando uma falsa solução.

Clique [AQUI] e confira mais:

As Igrejas Cristãs, por sua vez, estão presentes em todo território nacional, e não podem alegar desconhecer a existência de centenas de clínicas clandestinas e da venda de kits de drogas que provocam o aborto, além de inúmeros outros procedimentos com a mesma finalidade.

Atualmente, quatro mulheres morrem todos os dias vítimas desses procedimentos ilegais, assim como milhares de crianças (fetos), vítimas da prática, em todo território nacional.

As Igrejas possuem a obrigação de enfrentar essa questão e defender a vida, identificando e denunciando essa prática imoral e covarde, bem como convocar a todos os fiéis a fazer o mesmo.

Além disso, é importante destacar que as duas Paróquias da nossa cidade realizam em média 1.200 batizados por ano e apenas cerca de 50 casamentos no mesmo período. E possivelmente esta mesma disparidade é encontrada nas demais paróquias do país.

Esta estatística revela que a grande maioria das crianças nasce a partir de uniões ilegitimas e de relações livres e ocasionais, o que inegavelmente favorece a prática do aborto, por ausência de uma família inaugurada sob a bênção de Deus e estruturada para devidamente acolher os filhos gerados.

Meus irmãos, nós católicos precisamos trabalhar mais na evangelização, e a Igreja, enquanto instituição, deve promover o estímulo ao matrimônio e a valorização das famílias, como forma de contribuir para a redução dos altos índices de abortos realizados no país.

Um grande abraço!
Por Jorge Rios

--------- --------- CLIQUE E EVANGELIZE - COMPARTILHE VIA

... Portal Acesso Cristão

DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO PELO FACEBOOK, ELOGIOS OU SUGESTÕES. ESTAMOS ESPERANDO SUAS MENSAGENS

0 comentários :

Postar um comentário

MUITO OBRIGADO PELO SEU COMENTÁRIO

RECEBA NOSSAS POSTAGENS