OBRIGADO PELA SUA VISITA - VOLTE SEMPRE
CLIQUE - AS 5 MAIS ACESSADAS DO MÊS NO PORTAL ACESSO CRISTÃO
Notícias da Igreja Católica Diocese de Coroatá
CLIQUE - FORMAÇÃO - CATEQUESE
CLIQUE E TENHA MAIS INFORMAÇÕES # SOU AMIGO ACESSO CRISTÃO
CLIQUE - NOTÍCIAS DE COROATÁ

EVANGELIZAR É PRECISO

Comunhão na Palavra, Abril de 2018 - Com Dom Sebastião.


“COMUNHÃO NA PALAVRA”, nº 245 - Abril de 2018.

“Vós sereis testemunhas de tudo isso” Lc. 24,48.
Neste mês, a Igreja do Brasil, mais uma vez estará reunida, através de seus bispos, em Aparecida, S. Paulo. Mesmo estando vivendo o ano do laicato, o tema central da Assembleia Geral é sobre a formação dos presbíteros da Igreja no Brasil. Constatamos que o papel do padre mudou bastante nestas últimas décadas, e os desafios enfrentados cresceram. As redes sociais interferem diretamente, na formação, no comportamento, ou até a na destruição do presbítero. Apesar de tantos anos de formação, geralmente são sete,  três anos de filosofia e quatro de teologia, percebe-se ainda grandes lacunas na dimensão intelectual e espiritual na vida destes homens que apesar de tudo, querem dedicar-se totalmente a serviço da Igreja. Lembremo-nos de que o domingo do Bom Pastor, é o dia mundial de oração pelas vocações.

“Vós sereis testemunhas de tudo isso” Lc. 24,48

A nossa fé no ressuscitado, surge através do testemunho das pessoas que fizeram o encontro pessoal com o Cristo. Como Moisés que no seu rosto resplandecia uma luz, fruto do encontro com Deus, os sacerdotes são chamados também a deixar transparecer nas suas palavras e atitudes a presença de Deus em suas vidas. Alguns fatos ocorridos recentemente no Brasil mostram que a sociedade está exigindo dos padres, vários aspectos que devem ser considerados: maior conhecimento e transparência na gestão dos recursos das paróquias; saber presidir as celebrações com fidelidade a tradição da Igreja, ao mistério celebrado, e não buscar coisas extravagantes para “agradar o publico” que busca mais emoção que reflexão, satisfação pessoal e não a conversão; ter sabedoria  no uso  das redes sociais que passam a ter o papel de formadoras de consciência, e saber trabalhar com os leigos como sujeitos eclesiais, numa relação de igualdade de dignidade e diversidade de função.

“Vós sereis testemunhas de tudo isso” Lc. 24,48

Somos convidados a nos empenhar na animação, discernimento e apoio a todas as vocações em nossa Igreja. Quem ama a sua vida como consagrado, faz de tudo para que ela seja multiplicadora e fecunda.  Por isso, cada um de nós deve ser,  como Jesus, que convidava as pessoas, as margens do lago, sentadas na porta, ou em outras ocasiões. Devemos  procurar partilhar nossas experiências positivas com os jovens, fazer nossa missão com zelo e não de qualquer jeito. E acima de tudo, rezar para que nunca faltem pessoas que escutem o chamado, escolham de maneira consciente determinada a missão e vivam com alegria o seu ministério. Não queiramos pessoas perfeitas, e nem esperemos de ser perfeitos, para dar o sim, nem devemos nos assustar com nossas limitações e pecados. Como  diz o provérbio: Deus não chama os preparados, mas prepara e acompanha aqueles que Ele chama.

Feliz e abençoado tempo pascal.

Vosso amigo, D. Sebastião.
EVANGELIZE - COMPARTILHE VIA

SOBRE - Acesso Cristão Noticias da cidade Coroatá

Somos um Portal de Mídia da Igreja Católica da cidade de Coroatá-MA. Nossa missão é evangelizar levando informação e conteúdo a respeito da Santa Igreja