SEJA BEM VINDO AO PORTAL DE NOTICIAS ACESSO CRISTÃO - SEJA BEM VINDO AO PORTAL DE NOTICIAS ACESSO CRISTÃO
OBRIGADO PELA SUA VISITA - VOLTE SEMPRE

Dicas para criar filhos mais felizes


gratidao_a
Você está cansado de brigas, ciumeiras e egoísmos na sua casa? As crianças tendem naturalmente a ser materialistas e egoístas, mas a boa notícia é que a gratidão pode ser ensinada a elas e, com base nessa gratidão, brotará na sua família uma renovada alegria. Aqui vão 12 dicas para ensinar às crianças a gratidão, tornando a sua casa muito mais alegre:
1) Surpreenda os seus filhos
Evite oferecer a eles muitas opções: as surpresas ajudam as crianças a ver as coisas como um presente, não apenas como um direito. Quando temos muitas opções, sentimos certa angústia: sempre queremos saber se não haveria alguma opção melhor. Certa noite, aqui em casa, nós tentamos conversar com os nossos filhos sobre o local onde passaríamos as férias de verão. Depois de cinco minutos, a Disney não era boa o suficiente. Cada um tinha uma ideia “melhor” do que o outro e ninguém ia ficar feliz, fosse qual fosse a decisão. Dei um fim imediato a essa conversa e, cerca de uma semana depois, anunciei que tinha uma grande surpresa: nós íamos conhecer o Monte Rushmore! Mostrei a eles os meus planos para o nosso camping no parque nacional e eles não poderiam ter ficado mais animados. A viagem, de baixo custo, acabou sendo um sucesso fabuloso!
2) Fale sobre os melhores momentos do seu dia
Arrume tempo, todos os dias, para falar de pessoas, fatos e coisas que despertam a sua gratidão. Pode ser durante o jantar, antes de dormir ou enquanto você dirige o carro. Pergunte aos seus filhos: “Qual foi a melhor parte do seu dia?”. Para as crianças mais crescidas, tente manter um “diário de gratidão”: essa estratégia se mostrou eficaz para ajudar as crianças a ser mais felizes no caso de um estudo realizado com 221 estudantes de 11 a 13 anos de idade. Todos os dias, durante duas semanas, eles escreveram o nome de cinco pessoas, fatos ou coisas pelas quais se sentiam gratos. Três semanas depois, aqueles alunos tinham uma visão mais positiva sobre a escola e demonstravam uma satisfação maior com a vida em comparação com as crianças que haviam participado de um experimento contrário: o de listar diariamente cinco aborrecimentos.
3) Conte a sua história para os seus filhos
Há muitas histórias de família que falam de dificuldades e de perseverança. A bisavó do meu marido, por exemplo, passava pilhas e pilhas de roupa para sustentar a família. Seu ferro de passar está hoje numa estante da nossa casa, servindo como suporte de livros e como lembrete aos nossos filhos da importância do trabalho duro. Já a minha avó, quando criança, lavava pratos durante a época da grande depressão econômica nos Estados Unidos e ganhava dez centavos por semana. A foto dela, em nosso estúdio, recorda a sua história para os nossos filhos. Você não sabe muito do passado da sua família? Então leve as crianças para visitar algum local histórico ou um museu que relembre episódios de luta e sacrifício pelo bem do país e do povo. Vocês vão voltar para casa mais agradecidos.
4) Incentive os seus filhos a ajudar alguém que não "precisa" de caridade
É claro que é ótimo para as crianças participar de coletas de alimentos e outras ações de caridade organizadas por grupos da comunidade, mas esses eventos só acontecem algumas vezes por ano e vocês raramente se encontram com as pessoas que são beneficiadas. Que tal pensar em alguém que faça parte da sua vida de todos os dias e a quem os seus filhos possam ajudar regularmente, mesmo que essa pessoa não precise de caridade? Para citar um exemplo, nós temos uma vizinha idosa que mora só e que fica feliz de receber as nossas sobras de comida, porque isso a libera da necessidade de cozinhar apenas para si própria. E os nossos filhos adoram levar a comida para ela!
5) Concentre-se no positivo durante todo o dia
Eu digo aos meus filhos, várias vezes por dia, que "a atitude é uma escolha". Aliás, manter uma atitude positiva é a nossa regra número 1 em casa. É um esforço diário para combater as lamentações, as caras feias e as reclamações, focando sempre no positivo. Até as frases mais corriqueiras nós incentivamos as crianças a formular de maneira mais positiva: "Estou com sede", por exemplo, vira "Mamãe, vamos tomar um refresco?"; "Cadê os meus tênis?!" se transforma em "Papai, você pode, por favor, me ajudar a procurar os meus tênis?".
6) Diga um “obrigado” completo
Ensine as crianças a agradecer explicitando o motivo da gratidão: “Papai, obrigada pelo jantar”; “Mamãe, obrigado por me levar para a escola”. Incentive-os a agradecer aos professores pelas aulas, aos treinadores pelo futebol ou pela natação, aos garçons pelo serviço. Aliás, há dez anos, era uma luta para fazer os meus filhos se lembrarem de dizer "muito obrigado" quando eram servidos em restaurantes. Hoje, se eles se esquecem de agradecer, têm que procurar o garçom da nossa mesa e agradecer a ele pessoalmente antes de irmos embora. Com isto, o “nível de esquecimento” caiu para zero.
7) Lidere pelo exemplo
Quantas vezes por dia você mesmo diz "obrigado"? Você já disse aos seus filhos, hoje, quais são as coisas pelas quais se sente agradecido? Nossos filhos assistem a cada movimento nosso. Não podemos esperar que eles sejam gratos se nós não somos. Ao voltar hoje para casa, fale das partes boas do seu dia e mostre-se agradecido. Faça a escolha consciente de não se queixar.
8) Ensine a eles que "é melhor dar do que receber"
Mesmo os menorzinhos podem comprar ou criar presentes para os outros: leve-os a uma loja de 1,99 e peça que eles escolham presentes para alguns amiguinhos, mas sem comprarem nada para si mesmos. É difícil! Mas é um belo aprendizado.
9) Arranje tempo para que eles façam pequenas tarefas domésticas
Entre a volta da escola e a hora de dormir, as crianças têm que fazer trabalhos escolares, atividades extracurriculares, brincar, tomar banho e jantar. Pode ser difícil achar tempo para que elas façam tarefas domésticas. No entanto, se nunca ajudarem a fazer nada em casa, as crianças simplesmente não vão entender o que significa administrar um lar: elas vão achar que a roupa limpa brota nas gavetas e que os pratos se lavam sozinhos. É possível distribuir pequenas tarefas apropriadas para cada idade, mesmo que seja apenas durante 5 a 10 minutos por dia. Algumas tarefas mais longas podem ficar para o fim de semana, como ajudar em algum trabalho de jardinagem, na limpeza do banheiro ou na troca da roupa de cama.
10) Deixe as crianças maiores cuidarem das menores
Confiar algumas responsabilidades às crianças mais velhas em relação às mais novas vai ajudá-las a desenvolver uma atitude de gratidão para com os pais. As crianças em idade escolar podem ler livrinhos para as crianças pequenas ou ajudá-las a se vestir, por exemplo. Além do senso de responsabilidade, os seus filhos mais velhos vão ganhar autoconfiança, sem falar que a relação que eles vão construindo com os irmãos mais novos tenderá a durar a vida toda.
11) Presenteie experiências, não apenas coisas
Eles têm muitos brinquedos? Que tal presentear a eles uma matrícula em aulas de música, ou uma inscrição num torneio de futebol, ou uma viagem de acampamento? Esses presentes incentivam os relacionamentos em vez do materialismo.
12) Monitore a mídia que os seus filhos acessam
Nossas crianças são bombardeadas por milhares de ações de marketing direcionadas especificamente à idade delas. O problema é que as crianças ainda não sabem compreender e resistir a essas propagandas. E como a mídia é o combustível do materialismo, é nosso dever de pais monitorar cuidadosamente os meios de comunicação aos quais os nossos filhos têm acesso, o que inclui não só a televisão, mas também a internet, o rádio do carro e até os jornais, revistas e panfletos que podem estar espalhados pela casa.
EVANGELIZE - COMPARTILHE VIA

SOBRE - Acesso Cristão

Somos um Portal de Mídia da Igreja Católica da cidade de Coroatá-MA. Nossa missão é evangelizar levando informação e conteúdo a respeito da Santa Igreja
CLIQUE - AS 5 MAIS ACESSADAS DO MÊS NO PORTAL ACESSO CRISTÃO
Notícias da Igreja Católica Diocese de Coroatá
CLIQUE - FORMAÇÃO - CATEQUESE
CLIQUE E TENHA MAIS INFORMAÇÕES # SOU AMIGO ACESSO CRISTÃO
CLIQUE - NOTÍCIAS DE COROATÁ