OBRIGADO PELA SUA VISITA - VOLTE SEMPRE
CLIQUE - AS 5 MAIS ACESSADAS DO MÊS NO PORTAL ACESSO CRISTÃO
Notícias da Igreja Católica Diocese de Coroatá
CLIQUE - FORMAÇÃO - CATEQUESE
CLIQUE E TENHA MAIS INFORMAÇÕES # SOU AMIGO ACESSO CRISTÃO
CLIQUE - NOTÍCIAS DE COROATÁ

EVANGELIZAR É PRECISO

Beatificação de Zilda Arns deve ser iniciado em 2015

A médica sanitarista e uma das fundadoras da Pastoral da Criança, dra. Zilda Arns, deve ter seu processo de beatificação iniciado em janeiro de 2015. A CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) e a Arquidiocese de Curitiba preparam a documentação que deve ser enviada ao Vaticano em janeiro de 2015, quando se completam exatamente 5 anos de sua morte, ocorrida no terremoto que devastou o Haiti em 2010.

Em entrevista ao A12, Dom Aldo di Cillo Pagotto, Arcebispo metropolitano da Paraíba e presidente do Conselho Diretor da Pastoral da Criança, explica que o processo seguirá as normas da Santa Sé. “O arcebispo diocesano fará todo esse encaminhamento. É preciso realizar a postulação junto à Congregação para a Causa dos Santos e, só então, poderão ser reconhecidas, nesse processo longo, as virtudes daquela pessoa que poderá ser declarada serva do Senhor e depois beatificada e santificada”.

Dom Aldo também falou sobre a importância do legado pastoral de Zilda Arns:
Zilda Arns beatificação
“Ela recebeu de Deus um grande carisma maternal, de ir ao encontro daqueles mais marginalizados, sem oportunidades na vida, e onde a vida está ameaçada. Atendendo ao pedido do Cardeal Dom Evaristo Arns, seu irmão, atuou incansavelmente contra a mortalidade infantil, a violência e a marginalização. A mortalidade infantil é violência cruel. Ela, como médica sanitarista e pediatra, elaborou e aplicou práticas essenciais e simples como a multimistura, o soro caseiro e, cientificamente, a vacinação. Dra. Zilda tinha esse carisma de atender em todos os recantos do Brasil e em outros países, tinha uma intuição profética de formar novas lideranças”.

Congresso de 30 anos – Nesta sexta-feira (02), Dom Aldo Pagotto presidiu a celebração de encerramento do congresso nacional que comemora os 30 anos da Pastoral da Criança, realizado durante esta semana no Santuário Nacional de Aparecida.

A coordenadora nacional da Pastoral, Irmã Vera Lúcia Altoé, fez um balanço sobre o congresso que reuniu mais de 500 agentes de dez diferentes países. “Foram dias muito fraternos. O objetivo do congresso foi cumprido: avaliar estes 30 anos e traçar objetivos e propostas para abraçar a partir de agora. Sinto que o pessoal sai muito comprometido com a causa de nossas crianças”, avalia.

A Pastoral atende 1,3 milhões de crianças, mas segundo a coordenadora, ainda há muito o que fazer: “Precisamos aumentar o número de crianças atendidas e também de pessoas voluntárias. A meta é atender todas as gestantes, fortalecendo o projeto “Os primeiros 1.000 dias”, concluiu Irmã Vera.
EVANGELIZE - COMPARTILHE VIA

SOBRE - Acesso Cristão Noticias da cidade Coroatá

Somos um Portal de Mídia da Igreja Católica da cidade de Coroatá-MA. Nossa missão é evangelizar levando informação e conteúdo a respeito da Santa Igreja
Postar um comentário