-
-

APOIADORES: ----- CONGREGAÇÃO FRANCISCANAS DE SIESSEN -------- MARCELO DIAS ----- COSME SOUSA ---- APOIADORES ------- CONGREGAÇÃO FRANCISCANAS DE SIESSEN ----MACELO DIAS ---- COSME SOUSA ---- APOIADORES ------ CONGREGAÇÃO FRANCISCANAS DE SIESSEN ----- MACELO DIAS ----- COSME SOUSA ----- APOIADORES -----CONGREGAÇÃO FRANCISCANAS DE SIESSEN ----- MACELO DIAS ---- COSME SOUSA .

Aconteceu a formação missionária para os jovens da diocese de Pinheiro

                   “Espiritualidade e missão” foi o tema aprofundado por grupos juvenis
As paróquias da diocese de Pinheiro (MA) receberam a 11ª edição da Missão Jovem, entre os dias 28 e 31 de janeiro. A ação reuniu cerca de 100 jovens. O encontro foi voltado para o aprofundamento da formação dos missionários, que refletiram sobre o tema “Espiritualidade e missão”. Assessorou o encontro o secretário nacional da Pontifícia União Missionária, padre Jaime Carlos Patias.

“A espiritualidade é resultado de uma mística, uma experiência de apreensão do divino em nós e no mundo. É mais um sentir Deus do que pensar Nele. É uma experiência de comunhão profunda com o divino e com a obra da criação onde tudo está interligado”, explicou padre Jaime em relação ao significado do termo.

Segundo o membro da coordenação diocesana da Pastoral da Juventude (PJ), Nilton Casar Alves, “o objetivo foi capacitar os jovens que participam das semanas missionárias realizadas duas vezes ao ano em paróquias da diocese”. Essa missão chega a reunir mais de 500 jovens.

Falando aos jovens da JP, da Juventude Missionária (JM), da Juventude Franciscana (Jufra), da Renovação Carismática (RCC) e de outras expressões, Patias afirmou que a espiritualidade não desliga a pessoa do que é material, mas orienta, a partir do Espirito de Deus. “A nossa grande referência é Jesus. O Espírito de Deus O ungiu e enviou aos pobres, orientando toda a sua vida aos mais necessitados e oprimidos para libertá-los. É nesta direção que seus seguidores devem trabalhar”, destacou.

A exortação apostólica do papa Francisco, Evangelii Gaudium, também inspirou a fala do assessor. “A Igreja é chamada a estar em saída como Jesus que sabe ir à frente, sem medo de ir ao encontro, procurar os afastados e convidar os excluídos, conforme nos pede o papa Francisco”, sinalizou. “A missão vem de Deus porque Deus é Amor que abraça toda a humanidade. Ele nos convoca a cooperar em sua missão em todo o mundo: na pastoral, na Nova Evangelização e na missão aos povos (ad gentes)”, completou.

Missão e  espiritualidade para os jovens

Alguns dos participantes comentaram sobre os aspectos da espiritualidade e da missão. Para Samara Pinto Ribeiro, da Jufra de Merinzal (MA), “a missão é de Deus que transborda de amor por toda a humanidade. Por isso, precisamos ser uma Igreja aberta, sair da nossa mesmice nos colocando a serviço das causas sociais, ter e sentir a espiritualidade libertadora que nos faz sentir as necessidades dos outros”. Ela acredita que os jovens necessitam de mais informação sobre a missão ad gentes, “para que esta não fique esquecida”, conforme o mandato de Jesus “Ide, fazei discípulos todas as gentes”.
Deyjamisson Ferreira Silva, jovem da paróquia Santa Luzia em Turilândia (MA), conta que “a espiritualidade é extremamente forte porque é o contato com o divino aonde cada um de nós sente Deus em seu coração”. Ele testemunha que aprendeu que “Deus age no coração de cada pessoa e que a amizade na fé é algo maravilhoso”. “Este encontro fortaleceu a minha alma, meu corpo e meu espírito. Eu estava precisando deste estudo para ser um verdadeiro discípulo de Jesus Cristo e não mais apenas um membro da Igreja”, concluiu. 

                                                       Caminhada e envio


Durante a Missão Jovem aconteceu uma caminhada nas ruas da cidade de Pinheiro. O ato teve a finalidade de “dizer não a todo o tipo de violência contra a juventude”. Os jovens carregavam a cruz e entoavam canções e eram animados por palavras de ordem que refletiam sobre diversas situações além de traduzirem o comprometimento com a causa dos povos indígenas, quilombolas, mulheres violentadas, dos encarcerados, dos mártires da caminhada, na defesa dos direitos humanos, contra a redução da maioridade penal e no cuidado com a obra da criação.

Também houve a celebração de envio dos jovens em missão, com a presença do bispo diocesano, dom Elio Rama, que encorajou os participantes. “O jovem missionário é aquele que abre o seu coração para anunciar a Boa Nova do Reino de Deus. Agora vocês estão mais preparados para essa missão. Levem Jesus Cristo com vossas vidas e palavras a todas as pessoas, especialmente àqueles que mais necessitam e esperam de conforto e ajuda. Em nome de Deus vos enviamos para serem verdadeiros discípulos missionários de Jesus”, exortou o prelado.

Diocese de Pinheiro

Localizada no norte do Maranhão, a diocese de Pinheiro conta com 22 paróquias espalhadas por 19 municípios, algumas delas com mais de 100 comunidades. O bispo local, dom Elio Rama, é gaúcho de Tucunduva e missionário da Consolata. O clero é composto por cerca de 40 padres. São cinco congregações religiosas e centenas de agentes pastorais e de movimentos na diocese.
Com informações e fotos da Pastoral da Juventude da diocese de Pinheiro (MA) e das Pontifícias Obras Missionárias
[ CLIQUE AQUI PARA COMPARTILHAR NO WHATSAPP ]

Sobre Acesso Cristão Diocese de Coroatá

PORTAL DE NOTÍCIAS CATÓLICA DO MARANHÃO ""
SEJA NOSSO PARCEIRO E COLABORE PATROCINANDO ESTE SITE SUA MARCA EVANGELIZANDO COM AGENTE - WHTS 98I089864