-
-

APOIADORES: ----- CONGREGAÇÃO FRANCISCANAS DE SIESSEN -------- MARCELO DIAS ----- COSME SOUSA ---- APOIADORES ------- CONGREGAÇÃO FRANCISCANAS DE SIESSEN ----MACELO DIAS ---- COSME SOUSA ---- APOIADORES ------ CONGREGAÇÃO FRANCISCANAS DE SIESSEN ----- MACELO DIAS ----- COSME SOUSA ----- APOIADORES -----CONGREGAÇÃO FRANCISCANAS DE SIESSEN ----- MACELO DIAS ---- COSME SOUSA .

Dom Sebastião Bandeira faz carta de Convocação para o ano da Misericordia

bispo de Coroatá
Bispo de Coroatá Dom Sebastião Bandeira 


DIOCESE DE COROATÁ

CARTA DE CONVOCAÇÃO DO ANO DA MISERICÓRDIA

Estimado Povo de Deus, da Diocese de Coroatá,

È com grande júbilo que convido todos os membros de nossa Igreja particular, para participar de maneira consciente e com entusiasmo do Jubileu do Ano Santo Extraordinário da Misericórdia, que iniciará dia 08 de dezembro de 2015, na solenidade da Imaculada Conceição e terminará na solenidade Jesus Cristo, Rei do Universo, dia 20 de novembro de 2016.

A convocação ao Ano Jubilar feita pelo papa Francisco é para viver todos os dias a experiência da misericórdia de Deus que permite sentir Sua ternura em nossa vida, fazendo com que a nossa fé seja decidida e nos tornemos misericordiosos como o Pai. 

Somos convidados a ter a sensibilidade de Jesus para acabar com “globalização da indiferença, que sem dar conta, torna-nos incapazes de compadecer e ouvir os clamores alheios, de não chorar em vista do drama dos outros, nem nos interessar em cuidar deles” (EG 54). Necessitamos da misericórdia, senão estaremos cada vez mais distantes de nossos irmãos, numa sociedade individualista e indiferente. Aproximemo-nos de Deus para termos compaixão e cuidar dos caídos que estão feridos pelos caminhos da vida e tratá-los com misericórdia, com devida atenção. 


Dia 13 de dezembro, terceiro domingo do Advento, na Catedral Nossa Senhora da Piedade, em Coroatá, estaremos celebrando a eucaristia de abertura ao Ano Jubilar, na Diocese, em comunhão com todas as dioceses do mundo. No claustro, na porta da entrada de nossa Catedral, temos esta citação: “Eu sou a Porta” (Jo 10,9). Será a porta da misericórdia, onde as pessoas possam experimentar o amor de Deus. Cada paróquia é convidada a estar em comunhão conosco preparando com esmero a sua celebração paroquial de abertura.


Ao longo do ano, a partir do Planejamento paroquial, é importante realizar várias atividades nas comunidades a fim de que todos nós possamos sentir de maneira concreta a importância deste ano para o crescimento de nossa vida em relação a Deus e aos outros. O Documento Misericordiae Vultus sugere entre outras coisas:
Organizar As 24 horas para o Senhor, na sexta feira e no sábado, anterior ao IV Domingo da Quaresma;


Oferecer maior tempo para a prática da confissão;


Aproveitar o tempo precioso da quaresma, para refletir este assunto.


Organizar iniciativas missionárias, tendo em vista os pobres, os feridos e excluídos, na Igreja e na sociedade.


Acreditando nesta proposta, que será enriquecida pela vossa experiência e ação do Espírito, “em comunhão e esperança”, despeço-me, invocando-lhe as bênçãos de Deus,


Dom Sebastião Bandeira Coêlho, 
bispo diocesano
[ CLIQUE AQUI PARA COMPARTILHAR NO WHATSAPP ]

Sobre Acesso Cristão Diocese de Coroatá

PORTAL DE NOTÍCIAS CATÓLICA DO MARANHÃO ""
SEJA NOSSO PARCEIRO E COLABORE PATROCINANDO ESTE SITE SUA MARCA EVANGELIZANDO COM AGENTE - WHTS 98I089864